quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Isaac Asimov: o homem por trás da ficção



Isaac Asimov é reconhecido como um dos três grandes autores de ficção científica, junto com Arthur C. Clarke e Robert Heinlein.

Asimov publicou 463 livros, a maioria de ficção científica. Certamente, foi Asimov o maior propagador da palavra "robô", comum em vários contos e obras suas.


De sua autoria, alguns contos e coletâneas se tornaram bastante famosos, como: 
- "Eu, robô"
- "O homem bicentenário"
- "Sonhos de robô"
- "Nós, robôs"
- "Visões de robôs"


Asimov também foi o autor das chamadas três leis da robótica:

  • 1ª lei: Um robô não pode ferir um ser humano ou, por omissão, permitir que um ser humano sofra algum mal.
  • 2ª lei: Um robô deve obedecer às ordens que lhe sejam dadas por seres humanos, exceto nos casos em que tais ordens contrariem a Primeira Lei.
  • 3ª lei: Um robô deve proteger sua própria existência, desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira e Segunda Leis.
Posteriormente, no livro "Os Robôs do Amanhecer", apareceria uma nova lei: a 'Lei Zero':
  • 'Lei Zero': Um robô não pode fazer mal à humanidade e nem, por omissão, permitir que ela sofra algum mal.
Asimov também publicou obras de divulgação científica, em uma linguagem popular, além de ser um divulgador do computador, quando ainda nem se pensava na exist6encia da internet, como temos hoje.

Muitas vezes, ao se referir em seus contos ao funcionamento de um robô, Asimov empregou o termo "cérebro positrônico". O título Vias positrônicas é uma homenagem a esse grande autor, que nos levou a refletir sobre o futuro da humanidade, para que pudéssemos construir um presente melhor.

Mais sobre Asimov:




 

2 comentários:

Cezar disse...

Olá!

Gostaria de apresentar um sistema robótico que é feito no Brasil chamado RoboGol.

Ele é um jogo de futebol de robôs, onde cada pessoa controla um robô em campo.

Como achei que é um assunto que tem a ver com seu blog, achei que poderia interessar.

Se quiser saber mais:

www.robogol.com.br

Um abraço!

Paulo Marcelo Pontes disse...

Olá, Cezar!

Com certeza o assunto interessa a todos os aficcionados por robótica e inteligência artificial.

Está anotado o endereço!